Horário de Funcionamento : Segunda a Sexta, das 8h às 18h
  Telefone 24h : (61) 99160-8843

Tratamento de Doenças Arteriais Coronárias

REVASCULARIZAÇÃO DO MIOCÁRDIO

“Para conhecer o tratamento, é necessário conhecer a doença.”

Aterosclerose:
• Acúmulo de placas de gorduras nas artérias ao longo dos anos.
• Origem genética, mas o fator comportamental é o mais importante (Obesidade, Sedentarismo, Tabagismo, Hipertensão Arterial, Colesterol alto e consumo excessivo de álcool).
• As doenças cardiovasculares (como o “derrame” e o infarto agudo do miocárdio) são responsáveis por 30% de todas as mortes registradas no País em um ano.
• 60% dessas vítimas são homens, com média de idade de 56 anos.
• Fumante tem cinco vezes mais chance de ter um infarto que o não-fumante.
• Um em cada dois homens pode ter alguma doença cardiovascular depois dos 60 anos.

Não é preciso que a placa cause uma obstrução total do vaso, uma diminuição do calibre interno pode ser suficiente para que o fluxo seja interrompido por coágulos formados na região.

O conceito da cirurgia aberta e da angioplastia são os mesmos:

“- Proporcionar uma equalização do fluxo sanguíneo coronariano prejudicado pela placa de gordura”.

Qual o melhor tratamento?

Estudos “Syntax”e “NOBLE”
Estudos sérios, seguindo rígidos protocolos, publicados em revistas e jornais médicos igualmente sérios, apontam a superioridade da cirurgia aberta a médio e longo prazo levando em consideração a morbidade e mortalidade.

A Cirurgia
Nosso trabalho segue as Diretrizes das Sociedades mais atuantes da Cardiologia mundial. A Revascularização do Miocárdio consiste no implante de enxertos (vasos arteriais ou venosos) que desviam parte do fluxo sanguíneo para além da obstrução causada por uma placa de gordura. Esses enxertos são retirados de regiões específicas do corpo e sua ausência não traz prejuízo ao local da retirada. A veia Safena pode ser extraída por mini incisões ou através de um dispositivo chamado Vaso View que permite sua retirada através de vídeo, não havendo cicatrizes. As grandes incisões no tórax são necessárias devido o coração estar atrás do osso “Esterno”. Em alguns casos muito especiais, serão possíveis mini incisões na região central, incisões na parte anterolateral do tórax que podem ser realizadas com auxílio de vídeo. A Revascularização do Miocárdio pode ser feita com parada total do coração e dos pulmões onde é necessária uma máquina chamada “Coração-Pulmão Artificial” utilizada enquanto dura o procedimento principal, mas também pode ser realizada com o coração pulsando, situação esta, quando bem indicada, agrega benefícios principalmente ao pós-operatório. A correta indicação do procedimento, a escolha de um profissional com experiência neste tipo de cirurgia, a seleção de bons enxertos que serão utilizados para devolver o fluxo às coronárias e um hospital com equipe médica e de apoio bem capacitados, permitem que os resultados sejam amplamente positivos, aumentando o tempo e a qualidade de vida do paciente.